Skip to content

Categories:

LIÇÃO EVANGÉLICA

IMAGEM E SEMELHANÇA DE DEUS

” A Grandeza do Criador manifesta-se na variedade infindável das criaturas. Deus não fabrica homens em serie. Nenhuma vida serve de clichê para outra.”  assim o  Frei Valfredo Tepe discorre sobre o Ideal Individual no seu livro O Sentido da Vida.

É infinita a imagem de Deus e por sermos a sua semelhança somos a igualdade na desigualdade.  Muitos encontram o Sentido da Vida nas  religiões, princípios filosóficos, científicos e exotéricos. Cada qual na sua Fé convicto de estar trilhando o caminho certo. E isso é verdade já que veem apenas parte, incapazes de enxergar o Todo.

Mas não é isso que entendem os “Xiitas”, radicais que se encontram em todas as religiões e não somente no Islamismo. Católicos abominam os Espirítas como praticantes do demonismo, Evangélicos e Protestantes também, Judeus por sua vêz condenam o “terrorismo” do Islamismo e assim por diante, uns contra os outros, cada um senhor da verdade que pretende impor, para que todos sejam a sua própria imagem e semelhança e não a de Deus.

O fanatismo e o radicalismo estão presentes em todas as religiões,   praticando atos contra a Humanidade e contra o próprio Deus Que propagam.   Em nome de Deus os Homens São levados a loucura,  com a exteriorização de toda a selvageria primitiva e animal.  Matam.  torturam,   exploram,   seviciam,   estrupam,   roubam

No Estadão (31/10/2010) Daniel Piza fala sobre a Liberdade da Descrença referindo sobre um leitor que “Está atormantado pelo fato de se dizer um agnóstico e viver em meio a pessoas religiosas, que não entendem que ele não consiga acreditar que após a morte iremos para outro lugar ou que existe Alguém olhando por nós o tempo todo”e segue comentando sobre o ser agnóstico e ainda que“Vivemos num Estado laico, mas toda repartição pública tem uma cruz e até o Papa ordena aos Bispos que interfiram nas eleições locais. Espiritistas afirmam ter evidências da reencarnação e da existência de miasmas onde as almas sobrevivem. Nos cultos Evangélicos não crer em Deus é, como disse Huxley, uma ofensa moral. O aborto, mesmo até três meses, é tratado como se fosse assassinato, embora seja legal em diversos Países e lá praticado por muitos religiosos. No Brasil, onde até camisinha é pecado, nem sequer se ouve a pergunta humanista: deve-se pôr no mundo uma criança de quem não se pode cuidar dignamente?” Finalizando seu artigo, Daniel Piza espera que seu leitor ” …se sinta livre para crer ou descrer e assumir sua posição, com o nome que for, em vez de se sentir culpado por não pensar como os que o cercam.”

Como Daniel Piza, eu tambem conheço muitas pessoas cuja religiosidade nada tem a ver com o fanatismo e radicalismo ou aversão a ciencia e outras religiões.

Um deles é o Pastor Evangélico Rev. Valdinei Aparecido Ferreira – clique: www.catedralonline.com.br- que nos ministra como LIÇÃO EVANGÉLICA o seu CHAMADO À SENSATEZ.

Embora se limite a discorrer sobre os extremos do duelo que se trava entre o que chama de “ateísmo militante e uma religiosidade delirante”, brilhantemente coloca o seu chamado a sensatez que “consiste em lembrar que viver num estado laico significa, sobretudo, que todos são iguais perante a Lei e, porque são iguais perante a Lei, cada um tem o direito de ser diferente até o limite em que a sua diferença não cause danos à integridade física e moral de outros.” e ainda afirma que ” Sou homem religioso e pastor por vocação, mas não sou pessoa de preconceitos. Reconheço que a luz da razão pode brilhar em crentes e ateus, “ e ainda citando Voltaire ” Não estou disposto a morrer por nenhuma crença, mas estou disposto a morrer pelo direito de ter uma crença.”

É, existe uma esperança, uma luz no fim do Túnel para iluminar as mentes que mesmo não enxergando Deus, não o imaginem como um igual a nós ou um simples Rei desse terceiro planeta do sol.

 É O MEU PONTO DE VISTA

ODILON SOARES

55   11    9274-4972  – odilonsoares@odilonsoares.com

 

 

 

como chama como os que o cercam.

 

 

 
 
 

 

pôr no mundo uma criança de quem

não se pode cuidar dignamente?

 
 
 

 

Mas
espero que ao menos Kenny se sinta
livre para crer ou descrer e assumir

sua posição,comonomeque for,em
vezdese sentirculpadopornãopensar
como os que o cercam.

 

 

 

, veem apenas partes.

cada qual

orreto.  de monoteistas, politeistas, animistas, filosóficas, exotéricas Mas ao longo da história humana o radicalismo é que tem prevalecido impondo a outros a própria imagem e semelhança. Esquecendo a própria Obra de Deus.

Muitas são as religiõesOs Xiitas (radicais muçulmanos), tem a contrapartida Cristãos igualmente Radicais

 para impor aos outros querendo impor aos outros se manifesta para obrigar ,  mas sempre queremos que somos, sem excessão, a imagem e semelhança de Deus, ao abordar o Ideal Individual,

A igualdade do desigual

INFORME-SE.