Skip to content

Categories:

CUIDADO! VIGARISTAS!!

VIGARICE INSTITUCIONALIZADA

“Cuidado com os Vigaristas “,  diziamos ou ouvíamos quando alguem se dirigia ao antigo Centro da Cidade de São Paulo.   Como exemplo,    era contada a história do Mineiro que,   vindo a São Paulo,  comprou um bonde.   Uma “Verdadeira Pechincha” segundo ele,  que lhe foi oferecida por um vigarista de plantão na Praça da Sé.   Seguia-se outra recomendação,    cuidado com “os batedores de Carteira “.

Bons tempos eram aqueles,   quando só temiamos era cruzar com algum desses ladrões e espertalhões,   que poderiam se aproveitar de nosso descuido e da nossa boa fé.   Quando eram pegos,   iam parar  na cadeia.

Hoje uma vigarice institucionalizada É , informatizada , utiliza OS Mais Modernos Recursos tecnológicos parágrafo ludibriar nsa e siquer Podemos ver um cara dos larápios , São Virtuais . No máximo Conseguimos Ouvir A Voz dos terminais de Longos OU SEUS tentáculos , com Alguma sorte , ver o subordinado , subordinado , fazei Invisível subordinado de alguem e inantingível .

Somos Vítimas do Governo, dos Políticos , dos Bancos , das Empresas de ” Serviços ” E mais outras. Todos aplicam nsa “Contos do Vigário “todo o tempo, metem uma Mão no Bolso Nosso – Silent thief Ladrão silencioso Nossas Carteiras . Antes vigaristas OS e batedores de Carteiras , QUANDO descobertos , presos ERAM , hoje isso Não Acontece, o crime de antes Foi rebaixado n. A condição de simples Falta de Respeito .

Os Bancos São mestres nisso . Uma faxineira Funcionaria – UM – Veio pedir Empréstimo de R $ 500,00 Poder Pará ” Limpar o nome ” negativado UM Por Banco Pela Cobrança de Taxas de Conta inativa . A faxineira , demitida da Empresa Que lá LHE depositava o salário , siquer imaginava tal que contagiavam Ainda existia .

Que Creio Todos concordamos que ” Consiga Dinheiro Chapéu fazem nd miserável porta da Igreja ” e Um crime hediondo n. considerado ser. Os Bancos Fazem isso um mancheias , e, Muito Quando, São Condenados um Devolver o surrupiaram Que, NAS raras excessões QUANDO São compelidos a isso, Pela Justiça Por Que OU Clientes , razão justa COM, MET Condições de exercer pressões como necessárias . A grande maioria , sem Poder de Pressão , Pobres, ignorantes , sofredores Infelizes , sucumbem AO esbulho escancarado de Vítimas Que São .

Como Concessionárias de Serviços OS com Bancos disputam uma malandragem da PRIMAZIA , Contratos vendem nada , Por Telefone Por Escrito “, ESTÁ Sendo Tudo Gravado ” , dizem Como seus ” Operadores “, o Contrato ira DEPOIS DE implantado o Serviço “. Fui consultado em Por Uma das Vítimas Desse golpe Que incorrendo em Erro induzido pela ” lábia “do ” virtual Representante , devidamente instruido e Treinado , Gato por lebre Comprou , e, sem Prejuízo , Não Sabia o Que Fazer . Autenticos ” contos do Aberta ” Vigário aplicados e livremente , nao Najczesciej NAS Ruas, não Varejo , Atacado Mas não , a População Por Toda uma de Todos os Meios Disponíveis eletronicos Hoje.

Por sua Vez o Governo Não Tira A Mão de Nosso bolso , Mantendo Aberta uma vala Drena Que o Nosso Sangue Para o Mar da Corrupção . Os Políticos , sem Interesse Próprio , concordam em Não Acabar com o Arranjo Que Político , no arremedo De uma Democracia inexistente , mantém OS Corporativos privilégios e oligarquicos , beneficiá OS que.

No País da impunidade , Onde A Vontade Política Não Permite, o contrário, Mesmo porque nenhum Interesse Próprio , OS Que mandam Nesse poderiam Brasil, Pelo menos, TER PENA DE NÓS .

ODILON SOARES

odilonsoares@odilonsoares.com

INFORME-SE.