Skip to content

Categories:

NENHUMA ” BALA PERDIDA “

INCRÍVEL!  INACREDITÁVEL! IMPOSSÍVEL!!!

É o que devem estar pensando os nossos “EXPERTS”,  sentados nas suas enormes bagagens de conhecimento e experiência das maravilhas tecnológicas de  armas assassinas que matam pessoas, armas que disparam sózinhas ao serem manuseadas ou cairem ao chão, espingardas que matam elefantes, armas de altissimo poder de fogo, armas que disparam centenas ou milhares de tiros em segundos, balas perdidas que matam pessoas nas ruas das cidades e outras “pílulas” do nosso absurdo teatro da ignorancia.

300.000 (trezentos mil)  tiros disparados em plena cidade de Buenos Aires, por mais de 450 desportistas (115 Brasileiros) e nenhuma “bala perdida” feriu ou matou alguem. Dos prédios vizinhos e do Estádio do River Plate as pessoas podiam ver os atletas disparando as mais variadas armas curtas, Pistolas, revolveres, calibres .40, .45, 38 super, 9mm alem das longas nas pistas de trapp. Apesar disso, todas as pessoas que moram e trabalham nos  predios vizinhos, assim como as que transitavam pelas avenidas do entorno do Tiro Federal de Buenos Aires não se sentiam apavoradas, com medo, como os moradores das nossas cidades aqui do Brasil. Lá, elas sabem que estão absolutamente seguras nas proximidades, ou mesmo dentro,  de uma área de tiro esportivo. Nossos “Experts” devem estar agora debruçados nos seus estudos científicos para explicar porque 300.000 tiros disparados não feriram ou mataram ninguem e como é possível que as balas não se perderam. Talvez, para explicar esse “fenomeno” de Buenos Aires, concluam que isso só aconteceu porque DEUS, ao contrário do que se diz por aqui, não é Brasileiro, mas Argentino.

A belíssima e acolhedora cidade de Buenos Aires, onde nossos “hermanos” apesar da rivalidade no futebol nos receberam com com a hospitalidade de grandes amigos, sediou o CAMPEONATO LATINO AMERICANO DE TIRO PRÁTICO (IPSC), nas excelentes instalações do Tiro Federal Argentino, em Nuñez no extremo de Palermo. O Tiro Federal Argentino é declarado Monumento Histórico Nacional. Fundado em 28 de setembro de 1.891 por um grupo de ilustres membros da sociedade argentina, convencidos de que todos os cidadãos devem ter  prática de tiro para facilitar e consolidar a defesa nacional, sem ter que removê-los de seu trabalho frutífero. Com sede na Capital Argentina e com filiais em todas as capitais provinciais teve como seu primeiro presidente o ilustre Dr.Roque Sáenz Peña e como filosofia a  total independencia de quaisquer movimentos políticos ou eleitorais, partidos ou ideologias. Sua sede em Buenos Aires está localizada entre a Av. Del Libertador, Av. Udaondo e Av. Lugones,  movimentadas avenidas onde se encontram o Estádio do River Plate na Av. Udaondo, edifícios residenciais e comerciais, comércio abundante, casas residenciais e intenso transito de coletivos e veículos de passageiros e cargas.

As atividades durante o Campeonato Latino Americado de Tiro Prático se iniciaram no dia 03 de outubro com o Seminário IROA – International Range Officers Association-, até o dia 05 de outubro; continuaram nos dias 6 e 7 de outubro com o pré match (ROs e Staff) e a abertura oficial no dia 7  a noite; nos dias 8, 9, 10 e 11 ocorreram as provas principais com a cerimônia de encerramento na noite no último dia.

Nossos “hermanos” Argentinos estão de parabéns pela receptividade e hospitalidade, pela organização das provas dentro dos horários programados e pelo que nos ensinaram nesses dias. Os Brasileiros fizeram boa figura com a presença de seus campeões em todas as Divisões:

OPEN – Jaiminho Vice Campeão (praticamente empatado com o Campeão); OPEN Júnior – João Carlos  e o Gabriel; OPEN Damas - Irair, Érika, Tamara e Ana; OPEN Super Sênior – Josías Lucina;  MODIFIED – Guga Campeão;  e mais PRODUCTION; MODIFIED; OPEN LADY; PRODUCTION Lady- Fernanda Baraúna; REVOLVER Wagner Almeida,RogérioRosas, Tibério Graco e Cássio Mertingo; STANDARD- Nilton Fior, Cesar de Castro em 5º, Eduardo Caldas (Dudu) em 6º e o Lucimar Oliveira em 7º mas em 1º na STANDARD Sênior. Na STANDARD Super Sênior o Reinaldo Fischer “segurou’ o 2º lugar. Na Standard Júnior o Gabriel ficou em 1º e na Standard Lady a Anne Mota e a Denise Lima ficaram respectivamente em 1º e 2º lugares.

Integrei o squad número 19 dos 48  que participaram da disputa, ao lado dos companheiros Daniel Ribeiro, Victor Quintieri, Guilermo Rodrigues, Juan Carlos Donari, Daniel Fernandes, Juan Milano e o hermano/brasileiro Edmundo José Figoli, além de outro companheiro – Médico Urologista – que infelizmente recebeu um DQ por ter “escorrregado” na pista. Grupo excepcional que representou condignamente os desportistas do Tiro Prático – Gente de Bem, Profissionais de sucesso, com formação cidadã, ética, moral, social e familiar-. Foi uma experiencia prazerosa durante os quatro dias de  convívio com esse grupo de “hermanos”, agora meus amigos. O Daniel Fernandez conquistou o título de Campeão na divisão  STANDARD -Super Senior.

Buenos Aires é linda, seus parques e avenidas arborizados, seus cafés que nos lembram a Europa, a baixa verticalização, onde os “espigões” ainda não são epidemia como no Brasil, que obstruem a vista das nossas cidades com seus “paredões” de concreto. As Parrillas com suas carnes de gado Angus e outros cujas carnes marmorizadas pela gordura entremeada são suculentas e saborosas, diferente das nossas churrascarias Brasileiras que servem carne de gado Nelore com baixo teor de gordura. Daí é que surgiu a paixão Brasileira pela Picanha (tapa do quadril), devido a sua capa de gordura.  

Fiquei hospedado no hotel Nogaró a poucos metros da Plaza de Mayo, com minha esposa Brasilina e os amigos Cassiano e Nice, Dybal, Frank, Gimenez e Ricardo Paschoal. Como não podia faltar assistimos ao show (para turistas) do Señor Tango. O tango Argentino é belíssimo e minha esposa é fá ardorosa e mesmo em São Paulo sempre vamos ver o tango nas nossas Parrillas Argentinas.

Obrigado Buenos Aires, obrigado “hermanos” logo voltaremos aí.

ODILON SOARES

55   11    9274-4972   – odilonsoares@odilonsoares.com

 

INFORME-SE.